Confira 6 marcantes aparições de artistas Punk no cinema.

6 vezes em que o punk se misturou com a sétima arte.

Uma coisa que gostamos de fazer no tempo livre é assistir filmes. E quem não gosta, não é mesmo? Mas tudo fica ainda mais legal quando vemos alguma banda que conhecemos e gostamos em filmes que nem esperaríamos ver elas fazendo uma aparição. É como se de repente essa banda recebesse aquele toque hollywoodiano, aquela magia do cinema, e ficasse ainda mais interessante. Por isso separamos 6 bandas e artistas do gênero que menos se esperara ver em Hollywood, o Punk. E aparentemente há mais Punk em Hollywood do que você possa imaginar.

Blink-182 – American Pie (1999)

Numa aparição que coincidentemente dura um piscar de olhos, o Blink-182 está presente no filme American Pie, na infame cena em que Jim Levenstein, interpretado por Jason Biggs sofre um “acidente precoce” com uma garota, e o evento é filmado e transmitido pela internet. Dentre as pessoas que aparecem vendo o incidente, estão os membros do Blink-182, e o baixista Mark Hoppus só tem tempo para dizer “Houston, we have a problem.” Não existe combinação melhor.

Rise Against – Os Reis de Dogtown (2005)

Se tem uma coisa que o Rise Against nunca ousou disfarçar é o quanto eles admiram o Black Flag, um dos conjuntos mais influentes do Hard Core. Separados por quase duas décadas, a banda de Chicago sempre faz o possível para manter vivo o legado dos pioneiros do movimento californiano. Em 2005 eles contribuíram para a trilha sonora do game Tony Hawk’s American Wasteland, fazendo um cover de Fix Me do Black Flag. Como se não fosse o bastante, no mesmo ano a banda fez uma aparição no filme Os Reis de Dogtown, interpretando ninguém menos do que o próprio Black Flag, tocando Nervous Breakdown num show durante os anos iniciais da banda.

Reel Big Fish – Sem Trapaça Não Tem Graça (1998)

No filme Sem Trapaça Não Tem Graça (BASEketball), dos mesmo criadores de South Park, o Reel Big Fish foi chamado para fazer uma aparição, tocando num dos jogos do time fictício do Milwaukee Beers. O estilo descontraído da banda e sua sonoridade se encaixaram de uma ótima maneira nessa comédia cult, que tem muito do tipo de humor hoje em dia já consagrado por South Park.

The Offspring – A Mão Assassina (1999)

Não há nada mais poético para um artista do que dar a vida pela música, que é exatamente o caso do Offspring. Quer dizer, é mais ou menos o caso da banda, que faz uma aparição no filme A Mão Assassina, tocando durante um baile de escola. Após ser interrompido durante a música Beheaded, o vocalista Dexter Holland é escalpelado pela própria “mão assassina”. Ah, a maravilha da sétima arte!

Henry Rollins – Rotação Máxima (1994)

Após sua passagem pelo Black Flag, Henry Rollins criou seu projeto solo, Rollins Band. Mas não apenas na carreira solo ele se aventurou. Virou escritor, palestrante, e até mesmo ator, uma espécie de “faz tudo” do mundo do Hard Core. Em 1994 ele apareceu no filme Rotação Máxima, estrelado por Charlie Sheen. No filme Rollins interpreta o policial Dobbs, que persegue o protagonista Jackson Hammond, interpretado por Sheen. Além da participação de Rollins, Anthony Kiedis e Flea, do Red Hot Chili Peppers, fazem uma ponta no filme no papel de dois caipiras que se vêm no meio da perseguição maluca do filme.

Tim Armstong – Arquivo X (2016)

Outra pessoa do mundo do Punk que vira aparece num filme ou outro é Tim Armstrong. O vocalista do Rancid já trabalhou como produtor, escritor e até mesmo diretor, mas chama mesmo atenção quando resolve atuar. Ele já apareceu nos filmes Coração Maldito (2004), e Live Freaky! Die Freaky! (2006), esse último que também contou com a participação de membros do Green Day, com Kelly Osbourne, e Travis Barker. Mais recentemente, Tim fez uma ponta no episódio “Home Again“, da última temporada da série Arquivo X, que foi ao ar em Janeiro de 2016. No episódio, os agentes Mulder e Scully perseguem uma criatura conhecida como “Band-Aind Nose Man”, que é uma criação do artista de rua interpretado por Tim, chamado Trashman.