Música e seus benefícios à saúde dos cães

Música e seus benefícios à saúde dos cães

(por Alessandra Jannucci)

Atualmente, em tempos tão conectados, nos deparamos com uma série de conteúdos, vídeos e entre outros que envolvem cães, o melhor amigo de tantas pessoas. Vemos que eles dançam, interagem e até “cantam” a música, mas a pergunta que não quer calar é como os cães entendem a música?

Ao contrário da ideia convencional, de que a música é um fenômeno puramente humano, pesquisas recentes mostram que os animais possuem também essa capacidade. Levando-se em conta que, animais possuem audição diferente da nossa assim como a sua vocalização, eles também tem a capacidade de distinguir e assim ter reações relacionadas a determinadas músicas.

Além de gostar de música, nossos amigos cães podem ser beneficiados por ela. Assim como muito de nós notamos que uma música que gostamos, pode nos deixar mais relaxados e tranquilos e até melhorar a produtividade no trabalho, para os cães a música tem um efeito similar e até terapêutico.

A música, os sons e as vibrações têm uma combinação acústica e física de harmonia. Mesmo um rock pode acalmar, se esse som remeter a momentos bons. Tudo isso dependerá da experiência daquele cão com o tipo de som. Afinal, não é porque você gosta de rock ou música clássica que seu cachorro não vá preferir reggae.

A música é uma das poucas coisas que estimula todo o cérebro. Assim também funciona com os animais. Em uma musicoterapia, por exemplo, ajuda a estimular a liberação de serotonina e dopamina (hormônios do bem estar, que aliviam a dor). Há relatos de cães que sentiam muitas dores, que deixaram de ter a necessidade medicações somente através do tratamento com música. Cães agressivos ou muito agitados, ansiosos, também já tiveram melhora só através da música.

Quais os benefícios que a música pode trazer aos cães?

A vibração de ondas sonoras ativam uma reação no cérebro dos cães, e altera a frequência cardíaca para acompanhar o ritmo da musica. Já se sentiu levado pela música? É exatamente isso que ocorre com os cães. 85% dos cães neste estudo demonstraram uma grande redução dos níveis de estresse em relação a outros cães.

Agora o mais interessante: qual música meu cão quer ouvir?

Bom para responder a esta pergunta, isso pode variar desde o seu gosto musical, e quanto isto está relacionado a momentos felizes ao lado do seu amigo peludo.

Mas e agora? Como agradá-lo com uma boa musica? Ok, sem susto, podemos te ajudar nisso, uma pesquisa recente realizada pela Organização Protetora dos Animais SPCA Escocesa e a Universidade de Glasgow publicaram um estudo sugerindo que música afeta os cachorros.

Segundo a pesquisa, as mudanças mais positivas e significativas foram observadas quando tocavam reggae e rock leve. Em geral, a resposta para diferentes gêneros foi misturada, evidenciando a possibilidade de que, como os humanos, nossos amigos caninos têm suas próprias preferências musicais.

Os pesquisadores disseram ter percebido uma diminuição do nível de estresse quando a musica era tocada, especialmente rock leve e reggae. Os cães ficavam deitados e relaxados, literalmente “curtindo o som”.

A ideia é acalmar seu cãozinho, já pensou quando você sai para trabalhar, e pode deixa-lo mais calmo e confortável ao som de uma música relaxante, e quando chegar em casa seu cão estará pronto para lhe receber sem surpresas!

Seguindo esta ideia os pesquisadores da Universidade de Viena sugerem que a música clássica também é uma boa opção. Mas faça teste, coloque algumas músicas e observe qual deixa seu cão mais tranquilo e relaxado.

E é muito importante lembrarmos que o ouvido deles é muito mais sensível que o nosso, então cuidado com o volume!

Aqui vão algumas dicas para descobrir, assim como foi mostrado na pesquisa, se o seu amigo canino curte um reggae ou rock leve:

– associe musica que você goste, a momentos de interação entre vocês

– cante para ele, a sua voz sempre será o que ele mais gosta de ouvir

– observe quais sonos ele não gosta ou que fique mais relaxado ou animado